+55 (41) 9983-1657 contato@cplantar.com
Como Plantar

O Cultivo da Uva

Posted On 12 nov 2014
By :
Comment: Off
Tag:

Plantar uvas é um projeto complexo e, por vezes, consume muito tempo, além de ter várias etapas envolvidas. Existem livros inteiros escritos sobre o assunto. Os passos básicos estão listados aqui, caso precise de mais informações, queira consultar os outros artigos e bibliografias da Embrapa dedicados às diferentes etapas do cultivo de uvas.

• A primeira etapa do processo consiste em selecionar o tipo de uva que pretende plantar. Há várias coisas a considerar antes de fazer a sua seleção final. Quais são as condições climáticas e do solo na sua área? O que você quer fazer com as uvas depois da colheita? Você está pretendendo fazer suco de uva, vinho, geléia de uva, ou simplesmente comer? Depois de ter se feito estas perguntas, consulte um engenheiro agrônomo local para selecionar uma variedade adequada às suas necessidades e localização. A maioria das variedades de uvas não vai começar a dar frutos até dois a quatro anos após serem plantadas. Para mais informações, consulte Como plantar uva.

• Quando estiver a lidando com seu porta-enxerto, é muito muito importante nunca deixar que as raízes sequem. Se você tiver um porta-enxerto liso, e você não puder plantar as uvas assim que conseguí-las, coloque as raízes em um balde de água e enxarque-as. Não molhe as raízes por mais de um dia, ou as raízes podem estragar. Se você não puder plantar as uvas por mais de um dia depois de levar para casa, cave uma trincheira de pouca profundidade e enterre as raízes temporariamente. Você pode guardá-las assim até à plantação, basta ter a certeza que você mantém as raízes úmidas.dsdvds

• A próxima etapa do processo consiste em plantar as videiras que selecionou. Você deve plantar as videiras com, pelo menos, 20 a 25cm de distância umas das outras, em solos ricos e bem drenados. Videiras florescem no solo arenoso ou rochoso. Felizmente, muitas vezes as videiras podem crescer em locais onde outras culturas não podem ser cultivadas, como as rochas e terras inclinadas. Mas fique atento pois algumas variedades foram desenvolvidas pela Embrapa e estão produzindo lindamente em terrenos irrigados no Vale do São Francisco

• Para serem produtivas, as uvas exigem um local com boa drenagem, outro grande motivo para plantá-las em terras inclinadas e rochosas. Se você plantar as suas uvas num terrenos baixo, onde a água não é drenada em torno das raízes, você vai encontrar mais problemas com doenças. Drenagem adequada é um ponto chave no crescimento de uvas.

• Apesar de uvas exigirem solos bem drenados para crescer, elas ainda precisam de muita água durante o primeiro mês depois de serem plantadas. Após o plantio, regue bem, encharcando toda a raiz. Mantenha as raízes úmidas desde o primeiro mês, se possível. Isso irá ajudar as raízes a se estabelecerem para que as uvas cresçam saudáveis.

• Será necessário limpar uma grande área ao redor da base das plantas (pelo menos 20 centímetros em volta da base). As raízes de uma videira podem se espalhar de 90 a 180 centímetros da base da planta.

• Confira as folhas nos primeiros anos; se elas estiverem verde escuro e saudáveis, suas uvas estão recebendo nutrientes suficientes. Se a sua uva não estiver recebendo nutrientes suficientes ou se o solo é pobre, adicione cerca de 15 centímetros de composto ao redor da base da planta. O composto irá melhorar o solo, e adicionar valiosos nutrientes para o crescimento saudável.

• Coloque a sua videira sobre uma treliça. A treliça pode ser feita de madeira, ferro forjado ou tubo de PVC com fios empatados em toda ela, ou uma combinação de qualquer destes materiais. Treinar as vinhas para subir a treliça pode ser complicado. Por vezes é difícil convencer as jovens vinhas a apontar na direção certa. Você pode ter que movê-las muitas vezes, na primeira estação para fazer com que elas vão na direção que você quer que elas cresçam. Depois de ter trabalhado com elas, faça-as crescer na direção certa, elas ficarão mais fáceis de manter. Podar as vinhas também vai ajudá-lo na sua missão de treinar as suas vinhas na terliça.

• Um dos segredos é a poda. Se você não poda, você terá menos frutas, e essas frutas vão ser menores. A poda deve ser feita no final de Fevereiro ou início de março, na maioria das áreas (mais cedo em áreas quentes, como nordeste e Vale do São Francisco) . Novos ramos crescem dos brotos do ano passado. Se não forem devidamente controladas, a vinha vai se tornar uma bagunça. Existem muitas regras para podar, por isso não deixe de verificar artigos ou livros dedicados especificamente à poda antes de querer fazer por conta. Seguem-se algumas regras gerais:

• Você deve sempre aparar as brotações laterais (brotos crescendo para o lado). Este tipo de broto não é muito fértil e deve ser removido, a menos que você queira que a videira se espalhe sobre um suporte ou na treliça.

• Podar novos brotos sempre nos primeiros dois anos para ajudar o pé de uva principal a crescer.

• Os melhores brotos para a produção de frutos em um cano vão do sexto até o décimo segundo. Depois disso, esses brotos não são tão produtivos e devem ser podados, a não ser que você precise deles para dar estabilidade à treliça.

• Procure por danos de inverno em sua uva. Brotos castanhos e quebradiços foram danificados pelo inverno, e devem ser podados.

• Mantenha suas videiras podadas para permitir que o máximo fluxo aéreo e luz solar atinja as videiras e frutas.

• Você também vai querer proteger suas plantas de animais nocivos, como insetos, aves, e bolor ou fungo. Aves vão tentar comer as uvas à medida que elas amadurecem. Você pode proteger os frutos jogando uma rede sobre a vinha e os frutos quando chegar perto das épocas de colheita. Certifique-se que a rede fique bem justa para impedir as aves de ficarem presas embaixo da rede e ficarem feridas. Plantar uvas em um local ensolarado, com uma abundância de circulação do ar pode ajudar a reduzir o crescimento de fungo e bolor. Ao verificar o seu viveiro local, pergunte sobre espécies de videira resistentes a bolor e fungos. Existem diversos produtos orgânicos no mercado, hoje em dia, para ajudar a controlar tanto insetos quanto fungos.

Procure por cores ricas e sabores para determinar se a fruta está madura. O melhor jeito de saber é provando, mas com o tempo você saberá distinguir só de olhar se a uva está madura ou não. Também existem kits de testes que você pode comprar em lojas especializadas em uvas e vinhos. Estes testes verificam os níveis de pH e de açúcar na fruta para determinar se a fruta está madura. Na colheita, apare os cachos com tesouras para minimizar os danos.

Plantar uvas pode ser uma experiência muito gratificante, mas leva tempo e dedicação. Boa sorte e espalhe estas dicas. E não se esqueça, se surgirem dúvidas você pode vir até nós e perguntar.

Mauro Shuatzer
Engenheiro Agrônomo
Produtor de Uva e Pesquisador da Embrapa Uva e Vinho

Profile photo of master
Sobre o Autor

Comentários no Facebook