+55 (41) 9983-1657 contato@cplantar.com
Como Plantar

Horticultores conhecem ferramentas para melhorar produção de hortaliças

horticultura-no-agreste

Produtores rurais do Agreste participaram na sexta-feira (10) do I Dia de Tecnologia Para Produção de Hortaliças. O evento ocorreu no Polo Tecnológico Agroalimentar de Arapiraca e discutiu a mecanização no campo, as linhas de crédito disponíveis para aplicação na agricultura e a utilização de energias renováveis na produção. O encontro foi organizado pelo Arranjo Produtivo Local (APL) de Horticultura no Agreste.

O evento contou com exposições práticas e teóricas, além de explicações sobre fontes de energia renováveis, por meio da empresa PureEnergy. Representantes do Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Desenvolve finalizaram as apresentações mostrando linhas de crédito para que os produtores consigam adquirir tecnologia para aplicação na agricultura.

De acordo com a coordenação do APL de Horticultura no Agreste o encontro mostrou aos produtores como melhorar ainda mais a produção. Atualmente, 80% dos horticultores fazem o preparo manual da terra e não têm acesso a tecnologia. Com a aquisição de máquinas eles podem economizar dinheiro é ter ganho de produção.

Aproximadamente 60 produtores rurais estiveram no encontro, além de representantes de cooperativas e associações. Na oportunidade, os horticultores tiraram dúvidas e conheceram todos os processos para aquisição de máquinas no campo. O objetivo é fazer a ligação entre os produtores e as oportunidades que eles podem usufruir.

A horticultora e presidente da Associação dos Produtores Rurais de Arapiraca (Cooperal), Maria José, o encontro tem um papel muito importante. “Hoje a mão de obra está muito escassa no Agreste, com a aquisição de tecnologia podemos resolver esse problema e ainda diminuir o tempo para a colheita, sem falar na qualidade dos produtos que aumenta bastante”, aponta.

Para o Departamento de Agronegócio do Sebrae, o momento levou os produtores a conhecer até onde eles podem chegar. Além de acabar com o mito de que a energia renovável é muito cara, os horticultores puderam vislumbrar o caminho que têm pela frente. Eles ainda puderam conhecer as ferramentas e os modos de comprá-la, isso tem um papel fundamental nesse processo.

por Agência Alagoas

Profile photo of Fernando Silva
Sobre o Autor

Comentários no Facebook